sábado, 5 de janeiro de 2013

Dez países têm restrição à carne brasileira






O Ministério da Agricultura confirmou ter recebido dos governos do Peru e do Líbano, no fim da tarde de ontem, um informe oficial sobre a decisão de suspender as importações de carne bovina brasileira.

Os dois países anunciaram a medida restritiva temendo a contaminação do produto nacional com o mal de vaca louca.

Ao todo, já são dez os países que suspenderam as compras de carne brasileira.

Japão, África do Sul, Coreia do Sul, Taiwan e China não importarão qualquer produto brasileiro, seja animal vivo ou congelado.

O Peru também decidiu não comprar a carne bovina vinda de qualquer Estado brasileiro, mas a medida, inicialmente, vale por um prazo de 90 dias. O período servirá para que se prove que não há riscos neste consumo.

Jordânia e Líbano aplicaram a restrição apenas para a carne vinda do Paraná.

Em 7 de dezembro o governo brasileiro confirmou a ocorrência de um caso "não clássico" do mal de vaca louca (encefalopatia espongiforme bovina, conhecida também como EEB) no Paraná.

O governo defende que o caso foi isolado e não chegou a ser suficiente para alterar a classificação de risco da carne brasileira. Portanto, a decisão de restringir as importações são vistas como medidas protecionistas pelo Brasil.

Fonte:FOLHA PRESS