quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Segundo IBGE, Abate de bovinos atinge 8,5 mi de cabeças, recorde histórico



O abate de bovinos no segundo trimestre de 2013 atingiu o recorde histórico de 8,5 milhões de cabeças, um aumento de 11,7% em relação ao igual trimestre de 2012. O resultado foi divulgado nesta quinta-feira, 19, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Em relação ao trimestre imediatamente anterior, o avanço foi de 5,3%. O recorde anterior havia sido alcançado no quarto trimestre de 2012, com a marca de 8,2 milhões de cabeças abatidas. O peso acumulado de carcaças no segundo trimestre de 2013, de 2 milhões de toneladas, é 6,1% superior ao verificado no trimestre imediatamente anterior e 11,7% maior em relação ao segundo trimestre de 2012. A marca também significa recorde histórico.

O IBGE informou, ainda, que o incremento no número de bovinos abatidos, no comparativo do segundo trimestre de 2013 com o mesmo período do ano anterior, se deu em todas as regiões: 17,0% no Sudeste; 14,0% no Centro-Oeste; 10,0% no Norte; 6,2% no Nordeste; e 2,3% no Sul. No ranking do abate de bovinos por Unidade da Federação, 20 Estados apresentaram aumento da quantidade de cabeças abatidas, no comparativo do segundo trimestre de 2013 com o mesmo período do ano anterior, com destaque para Mato Grosso (16,3%), Goiás (26,3%) e Minas Gerais (29,6%). No ranking do abate de bovinos, destacam-se os estados da Região Centro-Oeste, ocupando as três primeiras posições, pela ordem, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás.

Fonte: Agência Estado




Siga IMOVEI$ RURAI$ OPORTUNIDADE$ & NEGÓCIO$ no twitter->@jlmmattos